O Pavilhão da Embra, tem uma história, uma memória e um valor sentimental muito grande. Faz e fará para sempre parte do património do Sporting Clube Marinhense e da cidade da Marinha Grande.  É a casa do basquetebol, do hóquei em patins e da patinagem artística.

A inauguração do Pavilhão da Embra, em 26 de Novembro de 1966, é um dos momentos mais marcantes da história desportiva clube e do concelho da Marinha Grande.

iNAUG pAV

Localizado na Rua de Leiria, Embra, em plena cidade da Marinha Grande, foi durante várias décadas um dos principais pavilhões do distrito. Foi e continua a ser a casa de jogos do Sporting Clube Marinhense.

Trata-se de um  pavilhão dotado de bancadas em todo o seu perímetro com capacidade para cerca de 3.000 espectadores.

Desde então, o recinto foi palco para empolgantes partidas, de hóquei em patins, basquetebol e para os festivais de patinagem artística.

Actualmente, o pavilhão é utilizado pelos atletas das modalidades de basquetebol, hóquei em Patins e patinagem artística do Sporting Clube Marinhense.

O Pavilhão da Embra é, porém, bastante mais do que um simples espaço de competição. As suas valências permitem a realização de outras actividades pelo Clube, como os jantares do clube, eventos culturais e o sarau anual de patinagem.

DADOS DO PAVILHÃO
– Nome: Pavilhão da Embra
– Ano de construção: 1966
– Capacidade: 2.500 pessoas
– Local de Imprensa
– Tribuna Presidencial