“Em termos de entrega, esforço e luta vamos ser os melhores”

“Em termos de entrega, esforço e luta vamos ser os melhores”

Em entrevista exclusiva ao site do clube, Amadeu Cordeiro, treinador da equipa de basquetebol sénior, abordou o trabalho realizado na última temporada e perspectivou a próxima.

A época passada, como se sabe, foi tudo menos a desejada, concluindo o campeonato em sétimo lugar e não se apurando para a fase seguinte da competição. Quais foram as principais razões desse insucesso?

Sim, é verdade que eu esperava mais competitividade da nossa parte, mas ao longo da época foram vários os factores que contribuíram para o insucesso competitivo.

Desde o início da época até ao fim, vimo-nos privados de dois atletas importantes para a equipa, o Eduardo e o Silvério, que por motivos de saúde e lesão desportiva viram-se privados de dar o seu contributo à equipa. Para além disso tivemos dois atletas castigados com 2 e 5 jogos de suspensão, que nos condicionaram ainda mais em determinada altura do campeonato.

Devido a estas situações e à fraca assiduidade aos treinos por parte de alguns atletas, vimo-nos forçados em muitos jogos a comparecer com apenas 7 e 8 atletas causando-nos dificuldades acrescidas.

Mesmo não tendo sido atingidos os objetivos. Que balanço faz da época?

Apesar de não termos atingido os objectivos competitivos, retiro aspectos bastante positivos da temporada. A evolução de atletas que em outras épocas tiveram pouco tempo de jogo puderam ter mais minutos, o que lhes permitiu evoluir técnica e taticamente. Para além disso recuperamos ainda dois atletas da formação que estavam sem competir à duas épocas.

Criámos um espaço para os atletas mais jovens ocuparem se mostrarem vontade e capacidade de trabalho. Disso exemplo foi a integração este ano de 2 atletas no seu 1º ano sénior, e esperamos na próxima época integrar mais 1 ou 2 atletas.

Depois de época e meia no comando da equipa sénior, sente que estão lançadas as bases para um percurso em patamares superiores? Lutar pela subida à Proliga é uma realidade possível?

A base da equipa está formada, mas para pensarmos numa subida à Proliga seria necessário reforçarmos a equipa com atletas que acrescentem valor. Pois, o nível competitivo do nosso campeonato é cada vez maior.

O que pode o Sporting Clube Marinhense fazer no próximo ano no Campeonato Nacional da 1.ª Divisão? Quais são as expectativas?

É claro que queremos sempre alcançar mais, se assim não fosse mais valia ficarmos em casa. Mas, para já ainda é um pouco prematuro falarmos de expectativas, pois o plantel ainda não está fechado, mas será maioritariamente composto por atletas que representaram o clube na época passada.

Na época que agora vai iniciar, 2015/2016, irá assumir a coordenação técnica do basquetebol. Quais são os objetivos? Qual o caminho para a formação?

Para já o 1º objectivo é aumentar o número de praticantes e melhorar a qualidade técnica e táctica dos atletas do clube.

Que mensagem gostarias de deixar aos adeptos?

Venham apoiar-nos nos jogos, porque em termos de entrega, esforço e luta vamos ser os melhores!

Partilhar:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+